amigos

Vem pra mim

novembro 16, 2015


Seu cabelo não era preto e nem castanho, era uma cor indefinida que coloria meus dias, me fazia sorrir e quando não te via era tudo preto e branco. Não era amor, não era recíproco, apenas teu sorriso me seduzia, me conquistava, fazia eu te querer a cada dia mais e mais, mesmo sabendo que só eu queria, continuava te querendo. 

Mesmo não podendo dizer com todas as letras, todas as palavras, meus atos falam por mim, não é difícil perceber que quando te vejo meus olhos brilham, desperta o desejo de provar o teu beijo, sorrio com você, pra você, de você. Tá repetitivo eu sei, assim como o que eu sinto e a frequência que penso em ti. 

Não tem cabimento, não tem movimento, não tem nada em volta, se solta. 

Te vejo cruzando os corredores, meu coração dispara, nos olhamos e sorrimos, tu chega mais perto, conversamos, nos xingamos, rimos, gargalhamos, tu fica vermelho e sai pra rua, é só amizade, sem maldade, esse é o único laço que nos liga, quase todos os dias por mais de uma hora ou só por alguns minutos, só pra não dizer que não nos falamos. 

A intimidade nos permite falar por olhar, nos tocamos, nada demais, mas isso me dispersa, me faz flutuar, me leva pra outro lugar, me sinto tão bem, igual a você não achei ninguém. Nada mudou meu amor, sabemos que é só amizade e amanhã vai ser só mais um dia de pura alegria.

You Might Also Like

1 Comentários

  1. Muito legal quando a gente valoriza como as coisas realmente são: sem os eternos clichês dos filmes e novelas. Acho que quando é natural, tudo se torna mais verdadeiro, deixando de lado essas coisas superficiais que tanto nos impressionam. Clipe super simples, mas embalante.

    Beijo,
    paraisodemenina.blogspot.com

    ResponderExcluir

Me diz o que você achou, o seu comentário é muito importante pra mim.
Obrigada!